A tranquila felicidade

Bonjour <3
Essa é a semana do meu aniversário e estou muito muito muito contente por isso! Estou radiante, essa é a verdade, mes amis!
Nesse ano, o meu aniversário, 6 de março, vai ser em uma segunda-feira e eu adorei, pois será o meu primeiro dia de aula na faculdade (jornalismo na USP) e eu também gosto de segundas, porque acredito que elas representam o início de novas jornadas e aventuras, experiências e conquistas, o início de muita felicidade!
E falando em aventuras, uma que eu tive no ano passado me marcou muito: a minha viagem para a cidade de Avaré no interior de São Paulo. Eu já havia ido para o interior do meu estado quando eu era pequenina, nós íamos sempre para Biritiba Mirim em uma colônia mágica de chalés que possuía a melhor ponte que eu já encontrei na minha vida, porque ela era recheada de plantinhas carnívoras, as quais foram as minhas colegas de bagunça, já que eu não parava de passar o palitinho nelas só para vê-las se fechando. Ok, não é uma coisa muito ecológica, mas eu era apenas uma criança... Né?
Depois dessa época, as minhas viagens se concentraram na praia (Grande e Mongaguá) e eu desenvolvi um amor bem grande por lá. Adoro ficar ressecando dentro do mar, gosto de comidas de praia (apesar de que eu desenvolvi alergia a camarão, o que me deixou arrasada quando descobri na páscoa de 2016) e de passear pela orla da praia colhendo conchinhas e soltando-as depois.
Não ia para o interior há anos! E, quando no ano passado meus pais me disseram que iriamos para Avaré, eu pulei de alegria por essa novidade. Adoro viajar e gosto muito do trajeto no carro, o momento em que eu xereto as estradas do Brasil a fora, haha.
Bem, chegamos e a primeira coisa que me encantou foi a construção da casa em que ficaríamos. Ela era linda por fora e por dentro também com um quarto, uma sala bastante espaçosa e um banheiro grandinho, além de um dossel de plantas na garagem e um banquinho por fora.
Mas, como nós somos bem agitados quando viajamos, não paramos muito nessa casinha e fomos visitar a cidade (que ficava bem longe do hotel). Avaré é uma cidade linda, bastante bucólica, dona de casas grandes e muito bonitas e lojas chiques.
Lá, planta-se bastantes coisas como eucalipto e laranjas, foi o que o moço nos disse quando estávamos a caminho de outra cidadezinha próxima, onde Tonico e Tinoco nasceram e que ficou famosa por sua loja de couro.
Olha eu posando...                                                                 




Fomos em fevereiro, o que significa época de bastante calor aqui no sudeste. Por isso, a maioria de nossas fotos são compostas por mim, vermelha e com regatas e shortinhos, tentando enxergar pelo meu óculos sem anti-reflexo que refletia toda a luz solar do interior.
Aproveitamos bem a piscina do hotel, porque percebemos que, apesar de lindinha, a cidade de Avaré não era muito turística e estava demasiado longe de onde a gente dormia.
Foi maravilhoso! Estava tão quentinho que íamos para a piscina a tarde depois do almoço e só saíamos para tomar banho para a janta.
As comidas de lá eram bem gostosas, porém, o cardápio se resumia aos peixes de todos os tipos das redondezas...
A noite fazia calor também, o que me permitiu usar vestidos (<3) para ir jantar. Eu me sentia bem chique por isso, hehehe.
Em Avaré, havia uma fábrica de doce de leite que era bem conhecida por exportar sua produção pro estado todo e fomos lá comprar alguns docinhos. Hmm, que delícia de passeio que foi aquele!
Também aproveitei para tirar fotos de lá, já que a decoração era lindinha.

E, claro, eu não poderia deixar de registras as lindas plantinhas que encontrava por lá. Aliás, foi nessa viagem que eu desenvolvi firmemente essa paixão e comecei a me dedicar de verdade nas fotos que eu tirava.
Como era campo, o ar estava despoluído e possibilitou a criação de cogumelos e líquens, além de flores coloridas que enchiam a minha vista de gosto. Também havia por lá um lago gigantesco, em que podíamos pilotar barcos e nadar também, porém o mais legal é que estava repleto de peixinhos!
Na colagem, há também uma foto minha com meu cabelo antigo. Estava curto, mas agora está bem bem mais! A foto do gnomo de jardim foi uma das que eu mais gostei, pois me lembra um livro que li na mesma época.
Olha as casinhas de fadas aí gente!

A viagem a Avaré foi maravilhosa e me deixou bastante contente, apesar de triste, pois me deixou com saudades de lá na volta para a casa. Com toda a certeza eu voltaria para lá, já que me encantei com a tranquilidade do hotel e com o ar bem interiorano da cidade.
Vocês já foram para lá? Se sim, adoraria saber o que você achou de Avaré!
Beijos açucarados.

Comentários

  1. Que delicia esse lugar, tem mesmo um ar bucólico e pelas fotos parece ter proporcionado um ótimo descanso. eu não me lembro de já ter ouvido falar antes desta cidade, obrigada por compartilhar sua descoberta.

    bem, deixo-lhe um desejo adiantado de feliz aniversário e boas energias para seu primeiro dia de aula!

    p.s.: obrigada pela visita e pelo gentil comentário em meu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, miss Luana! Eu é que agradeço por seu comentário. Eu adorei Avaré e tenho certeza de que você também adoraria relaxar sentindo o cheirinho de Mato molhado que existe lá.
      Beijos açucarados

      Excluir
    2. Ah, é claro, obrigada pelo desejo de felicidades, querida.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas