Um brinde para a autoestima

Bonjour, mes amis, ça va?
O hábito de acompanhar blogs de moda e beleza é um hábito recente para mim. Eu nunca me importei tanto assim com a minha aparência, porque achava mais importante priorizar outras coisas como o estudo e a manutenção do meu espírito. Contudo, de dois anos para cá, eu comecei a rever a minha vida e percebi que não era porque eu me arrumava, ou dedicava um tempo do meu dia para o meu corpo, que eu estava diminuindo minhas oportunidades de saber. Na verdade, beleza e inteligência/espírito não são coisas excludentes, muito pelo contrário.


A beleza do corpo tem que acompanhar o que você tem por dentro. Quando estamos felizes e quando parece estar dando tudo certo em nossas vidas, fica mais fácil que pareçamos radiantes e bonitos para as outras pessoas. Claro que há aquela frase: "ela irradia beleza" para explicar o porquê de pessoas que não estão dentro de padrões estéticos nos parecem mais lindas do que qualquer outra pessoa que se encaixa neles. 
Quando estamos bem, a felicidade nos tinge das cores mais bonitas, acentua nossos pontos mais favoráveis e nubla os defeitos visuais que todos os seres humanos possuem. A pessoa que se sente bem consigo mesma, fica bem para se arrumar mais e exteriorizar as coisas boas que ela tem em si, escolhendo os tons que gosta para suas roupas, o estilo, o corte de cabelo e (apenas se quiser) a maquiagem. Foi isso que eu percebi nesses dois anos. E então, passei a procurar pessoas que se vestem como eu gosto e passei a me inspirar nelas para construir o meu estilo próprio.



Tudo ainda está em construção. Percebi que minha paleta de cores favoritas mudou passando de cores pastéis para cores mais vivas e ligadas à natureza. Por exemplo, sempre o azul foi a minha cor favorita por causa do mar e também por conta de Poseidon. Mas, há alguns dias, comecei a gostar bastante do amarelo em minhas roupas e cultivo isso, apesar de sempre me dizerem que fico mais bonita de vermelho.
As roupas também condizem mais com as coisas de que gosto, o que estou transferindo para os acessórios, mais baratos e livres para combinar com tudo. Flores, insetos, bordados, tudo isso se apresenta no meu guarda-roupa de maneira livre. E livre assim pretendo mantê-lo.


Também estou compartilhando em redes sociais mais fotos de mim mesma. Me preparar para elas faz com que eu me preocupe mais com minha aparência e eleva minha autoestima de alguma maneira. Recomendo que todos façam isso algum dia: peçam para tirar várias fotos de você e depois monte um álbum (no computador mesmo) para você sempre olhe quando estiver se sentindo um pouco mal. Tenha em mente que você é lindo ou linda. Acredite nisso.


Use o sol que existe em você e ilumine o mundo ao seu redor. Mas, lembre-se sempre de realizar a manutenção dele: cuidando do corpo, da mente e do espírito. Os três são a base do ser humano, portanto, os três são importante e necessitam de cuidado e carinho. Do que você gosta mais?Natureza? Música? Animações? Filmes? Livros? Algum artista?
Use essas referências para construir o modo como as pessoas te veem. No meu caso é mais ou menos assim:
  1. Gosto de flores.
  2. Gosto de bordado.
  3. Gosto de coisas do mar.
  4. Gosto de franjas.
  5. Gosto dos anos 1920 aos 1950.
  6. Gosto de lugares novos.
  7. Gosto de sorrisos, por isso, ressalto minhas bochechas sempre.
  8. Gosto de culturas orientais.
  9. Gosto de animações.
  10. Gosto de cores alegres.

E, à partir disso, coloco no meu estilo essas coisinhas que me deixam feliz. Sempre busco por tecidos mais encorpados. Adoro vestidos e saias, mesmo não os usando tanto. Gosto de camisas mais elaboradas ao invés de camisetas. 
Assim por diante, construo minha imagem. E você, já construiu a sua? Tem um estilo próprio ou se inspira em alguém?
Dentre minhas inspirações da internet estão: A Robot HeartA Clothes HorseTweeMari SantarémKarolLilianPriss, além de algumas referências fictícias como as roupas da novela Tempo de Amar (que passa agora às 18h30 na Globo) e as roupas da Cecília (da novela Carinha de Anjo do SBT).
Quem sabe não faço capítulos especiais com meus outfits favoritos dessas meninas lindas e incrivelmente estilosas?
Acho que é isso. Au revoir.

Comentários

  1. Você é uma pessoa incrível.
    Acredito que roupas e acessórios também são formas de expressão do nosso ser. Acho a forma que você se veste uma graça.hihi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, miss Hitomi! Obrigada pelo comentário, você tem razão, as roupas definem bastante nossa alma. Aliás, você é uma das minhas it girls, haha.
      Beijos açucarados

      Excluir
  2. Sensível e inteligente, muita luz na sua vida.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post bruuh! To em um processo parecido também <3 preciso começar a tirar mais fotos de mim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há quanto tempo, miss Carla! Obrigada pelo comentário ♡
      Você é uma das meninas mais bonitas e fortes que ja conheci, por favor, tire mais fotos de você mesma sim. Você merece!

      Excluir
  4. Que linda você!
    Adorei tanto ler essa postagem, frescor de flores por aqui. Realmente, aprender a valorizar nossa autoimagem e a construir algo com que nos identifiquemos e que ressoe com o que queremos para nossa vida faz uma baita diferença. É inspirador, um ato de carinho com a gente mesmo. Seu texto me ajudou a refletir sobre isso. Continue sorrindo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, miss Thali! Sempre continuarei sorrindo e espero que você também o faça.
      Beijos açucarados

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas