Tsubasa


Uma das regras da minha mãe é não esperar do outro o que a gente quer que ele faça. Eu cresci ouvindo isso, principalmente, quando eu brigava com minhas amigas na escola por coisas bobas. Por repetição, eu internalizei essa regrinha em mim, porém, ainda não consigo por completo segui-la. Mas, eu tento sempre que posso coloca-la em minha rotina.
O outro não observa e interpreta o mundo como você. Por isso, não pode entender absolutamente o que você espera dele e fazer tudo o que você deseja que ele faça.
Além disso, o outro possui seus próprios valores, suas opiniões, seus estigmas, seus objetivos individuais. Dessa maneira, ele constrói seu universo particular e encaixa o ambiente a sua volta nele, fazendo aquilo que lhe convém.
Contudo, nem por isso, o outro tem que estar alheio a sua opinião. Mas, não tem que sempre segui-la. Nem por isso, o outro não pode ser gentil e fazer coisas por você, abandonando o egoísmo. Mas, não deve também viver por você, girando ao seu redor.
O importante é o equilíbrio. Se você é o outro, balancear entre fazer coisas por você e para você e ajudar as pessoas a sua volta. Se você é aquele que, assim como eu, ainda espera que o outro faça coisas, as quais você acha que ele deveria e poderia fazer, não espere. Se você continuar assim, só trará sentimentos ruins para o seu coração, pois ele se encherá de decepção e rancor.
Liberte a alma alheia. Liberte a sua alma também.
Não espere. Você não controla o que o outro pensa, faz, sente ou como age, tudo bem?
Beijos açucarados.

Comentários

  1. Tenho um sério problema com isso,principalmente porque a gente cresce ouvindo que tudo deve ser recíproco e acredita que isso significa que o outro vai sempre fazer tudo o que você faz por ele,acho que com o tempo a gente vai entendendo melhor e aprende a fazer o que estiver ao nosso alcance e não esperar a mesmo em troca.
    Adorei o texto Bruninha,muito bom mesmo ♥
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada miss Jenny, fico contente por você ter gostado das minhas palavras :)
      Beijos açucarados.

      Excluir
  2. Olá primeira vez aqui. Que belo post. Expressou bem e principalmente disse como a maioria de nós somos e não devemos ser neh? Tenho esse probleminha digamos assim. Mas estou a melhorar, pois, a cada consulta coisas deste tipo são o tema do dia. Vamos nos libertar e libertar quem prendemos simmmm.

    Abc

    Wellington Maia

    Oiniciodavirada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, Mr. Maia, fico tão contente pela visita que você fez ao meu pedacinho de Jardim :D
      Sim, devemos nos dar asas em nossos relacionamentos, sempre respeitando e amando o outro, mas nunca o prendendo e nem se prendendo.
      Beijos açucarados.

      Excluir
  3. emocionante saber que vc ouve e reflete, vc é especial, uma alma bondosa e madura. bjs 😚😚😚😚

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas