Entrevista: Beatriz Carvalho, blog Antique Faerie

by - fevereiro 12, 2019

Foto retirada do post "Março de 2017"
Um suspiro de magia. Uma volta ao passado por meio da arte encontrada em singelas ilustrações. A Bia nos transforma com seus posts, é quase como se ela nos desse a chave do armário que leva a Nárnia todas as vezes que entramos em seu cantinho. Eu tive a alegria de conversar com ela e, gentilmente, ela me revelou os motivos que fizeram o Antique Faerie ser o que é hoje. Digam oi a ela!
--------------------------------------------------------------------------------------------------
O que te fez criar um blog?
Eu sempre gostei de computadores e jogos desde pequena, ganhei meu primeiro computador bem cedo, um dia estava mexendo nele com meu irmão mais velho, eu tinha oito anos, e ele me apresentou o blogger, que era "blogspot" na época, ele me ensinou como criar um blog e tudo mais, eu acabei gostando muito e descobri que adorava escrever. Então basicamente, creio que meu irmão tenha me feito criar um blog, o Antique Faerie é meu segundo blog.

Como você decidiu o título dele?
Quem me acompanha há bastante tempo, sabe que já mudei o nome três vezes até chegar ao atual, haha. Bom, para ser sincera, deu bastante trabalho pensar em um nome novo, mas sempre tive em mente que queria a palavra "fada" nele, um dia estava no tumblr e li uma frase lá que tinha a palavra "antique", e eu já conhecia essa palavra, então juntei ela com "faerie" que é esse outro modo que se escreve fada em inglês que eu gosto bastante, e bom, ficou a minha cara, eu adoro fadas e coisas antigas. Não sei se deu para entender muito bem, mas foi exatamente assim que escolhi e pretendo nunca mais trocar o nome do blog, acho esse perfeito!

Quais foram (e são) suas inspirações tanto na hora de escrever, quanto em outros aspectos como fotografia?
Meu dias mais felizes são minha maior inspiração, assim como também os dias nem tão felizes assim, pois sempre aprendo alguma lição nova com eles e logo sinto que devo compartilhar ambos lá no blog com os leitores, que são sempre um amorzinho! Eu me inspiro muito facilmente com tudo ao meu redor, seja por uma melodia que escuto, um poema que acabei de ler, ilustrações bonitinhas que descubro e por aí vai!
Foto retirada do post "Lembraram de mim"
Qual é o seu post favorito de seu blog? Por que?
Ele se chama "Jane Eyre", é uma postagem super simples, onde indico a leitura desse livro da Charlotte Brontë e onde há várias fotos de uma edição antiga que meu irmão ganhou de um dono de sebo, eu fiquei tão apaixonada pela edição quando ele me mostrou, que pedi emprestado para fotografar. Ela é minha favorita porque eu amo a simplicidade desse post, lembro do quão feliz e inspirada estava quando o escrevi sem pretensão nenhuma além de compartilhar aquela belezura com outros pessoinhas. E ela tem quase dois mil acessos, o que faz esse postagem mais especial ainda, pois não há nada demais nela além da simplicidade de um bom livro.

O que te fez escolher um blog e não outra plataforma digital (Youtube, Instagram, Tumblr)?
Eu nunca gostei de expor muito de minha vida na internet, não sei dizer exatamente o porque, mas me sinto bem postando o mínimo possível e somente quando estou com vontade. O blogger acabou sendo o lugar perfeito para uma pessoa como eu, apesar de eu falar bastante sobre meus dias em meu blog, sei que esse pedacinho da blogsfera é mais reservado a um certo público que também está ali compartilhando basicamente as mesmas coisas que eu, e com isso acabo me identificando e me sinto mais à vontade para escrever e postar.

Você já pensou em desistir de escrever em seu blog? O que te motiva a continuar com ele?
Infelizmente sim, e me arrependo profundamente de pensar em abandonar algo que sempre me ajudou e fez dos meus dias mais felizes. No ano passado, acabou acontecendo algo dentro da própria blogsfera que me deixou muito magoada mesmo, eu passei dias me questionando se continuar escrevendo me faria bem, eu perdi totalmente a vontade. Mas reflexiva como sou, eu cheguei a conclusão que eu estaria sendo uma tola por desistir por um motivo tão bobo, então eu reli algumas postagens e comentários mais antigos do blog, relembrei de bons tempos e fui tomada por uma nostalgia, foi tão mágico lembrar de coisas boas que passei ao escrever aquelas postagens, e ler também os comentários das pessoas dizendo que aquilo que escrevi as deixou mais felizes. Então eu esperei até eu me sentir confiante novamente e voltei. 
O que me motiva é saber que as pessoas ficaram felizes com o que escrevi, que as ajudei de alguma forma, deixei o dia delas mais mágico e bonito. É saber que nunca estarei sozinha quando escrever e compartilhar algo por lá, independentemente do que seja.
Foto retirada do post "Adeus outono, saudações inverno!"
Você acredita que o mundo em que vivemos é mágico? Como torná-lo mais mágico e qual é o papel do seu blog nisso?
Sim, com toda certeza! Otimismo, confiança, coragem e gentileza, tendo pelo menos um deles, acredito que possamos tornar  a vida mais mágica, pois quando você cultiva o bem, age do modo certo, a vida lhe devolve em coisas boas em dobro. Praticando cada um desses aspectos todos os dias e sabendo que nem todos os dias serão bons e que ninguém é perfeito, já é um bom caminho para descobrir o quão mágico a vida pode ser. Tento passar sempre um pouco dessa magia que vejo fluindo em minha vida no blog,

Qual é a mensagem que você quer passar com seus posts?
Para as pessoas passarem a olhar mais ao seu redor, apreciar mais a vida e a natureza, não desistir facilmente e serem gratas pelos seus dias. Cultivarem o otimismo, para assim poderem lidar com seus problemas, e principalmente, achar beleza nas coisas simples da vida. 

Você quer me dizer algo que deixei passar?
Queria agradecer por pensar em mim para entrevistar, me sinto muitíssimo especial por isso e imensamente feliz por um oportunidade como essa. O La Petite Souris é um jardim tão especial e também uma inspiração não só para mim como para muitas outras pessoas também. Te desejo o melhor. E para as pessoas que leem meu blog, me sentirei sempre grata por ser cercada de pessoas tão boas que fazem dos meus dias mais felizes!

Você também pode gostar de

0 comentários