Resenha: O Grinch e Horton - Dr. Seuss

by - janeiro 26, 2019



O Grinch é uma criatura verde e peluda que detesta o Natal com todas as forças. Ele não suporta a felicidade dos Quem com suas festanças e banquemtes, e resolve acabar com a festa de uma vez por todas. Mas talvez o Grinch perceba que o verdadeiro significado do Natal vai muito além de comemorações e presentes.
Esta história reconfortante sobre o espírito do Natal é capaz de conquistar até o mais frio dos corações. Grinch já é um personagem clássico do Natal, e sua história é um presente perfeito para todas as idades.

Infanto-juvenil// 72 páginas// Editora Companhia das Letrinhas// Classificação: 5/5

Horton é o elefante mais gente boa da floresta, sempre disposto a ajudar o próximo. É por isso que, quando a ave Maroca pede para ele chocar o ovo dela por um tempo, Horton aceita de bom grado. O que ele não esperava é que Maroca fosse tirar férias e deixá-lo em cima de uma árvore, chocando o ovo durante todo o inverno! Quando um grupo de caçadores vê essa cena tão incomum, Horton e o ovo são capturados — e esse é o começo de uma longa e emocionante aventura…

Infanto-juvenil// 72 páginas// Editora Companhia das Letrinhas// Classificação: 5/5


É resenha dupla que terá hoje, mes amis! Estou contente, pois finalmente vou falar sobre um dos meus escritores favoritos: Dr. Seuss! É uma pena que minhas habilidades com as palavras não são tão primorosas quanto as que ele tinha, então esse capítulo não será feito em rimas 😢 .
Mas, tudo bem! O que importa é o conteúdo, não é mesmo? Então, vamos lá!

Primeiro, vou falar sobre o livro de Seuss que eu mais queria ler - e que sofreu uma ascensão emocionante por conta da sua segunda adaptação para as telonas no ano passado - Como Grinch roubou o Natal. 

O livro conta a história de Grinch, um Quem diferente de todos os outros de sua espécie, porque ele odeia o Natal. Com todas as suas forças. Diferente do primeiro filme com Jim Carrey o interpretando, no livro de Seuss não fica claro o motivo pelo qual Grinch não gosta dessa data. Porém, ele odeia e faz de tudo para estragar o Natal que os Quem estavam preparando em sua Vila. 



Por meio das características rimas e ilustrações lindíssimas que engolem as páginas em uma explosão colorida de imaginação, Seuss nos apresenta as várias peripécias de Grinch para acabar com o Natal. Para quem ama essa festa (como eu), esse livro é uma sucessão de tristezas e pequenas raivas contra o personagem. Mas, o mais legal é que o próprio Seuss não gostava de Natal, então, o Grinch se transforma em meio que uma autobiografia, o que o deixa com um tempero ácido especial.

Diferente do próximo livro, eu acredito que Como Grinch roubou o Natal é um livro que atrai a várias faixas etárias, justamente por tratar de um tema tão universal. Além disso, as rimas são um pouco menos infantis, o que se combina com as ilustrações com um tom mais dramático que dão um peso a mais para a obra.

Eu li como uma das minhas tarefas do Calendário do Advento a versão em inglês que está presente nas últimas páginas do livro e me diverti muito com a leitura. É como uma música, é maravilhoso! Recomendo muito a todos os que não gostam de Natal para se identificarem e para os que amam, assim como eu, para se irritarem um tantinho. Ainda não assisti ao novo filme (com a voz do Cumberbatch, yay), mas eu creio que vou gostar...

Vamos a próxima resenha?


Horton choca o o ovo traz uma das aventuras de Horton, um elefantinho que vive em uma floresta com criaturas fantásticas. Um dia, fazendo uma caminhada ele encontra uma passarinha, que havia se cansado de chocar seu ovo e queria sair de férias, que lhe pede para chocar seu ovo por um instantinho para ela descansar. Depois de algumas questões técnicas relativas ao peso de Horton diante de um frágil ovinho, ele senta-se no ninho e a passarinha dá no pé, deixando-o lá por meses a fio. Se não bastasse esse abandono, Horton e o ovo passam por outros problemas que envolvem caçadores, circos e uma surpresa final que só poderia vir da cabeça de Seuss. 

Confesso que gostei menos desse livro do que de Grinch. Eu acho que esse sentimento veio do fato de que Horton choca o ovo tem uma leitura bem mais infantilizada do que o primeiro. Na verdade, temos que considerar que ele foi mesmo feito para crianças entre dois e sete anos, então, o problema é totalmente meu e não da escrita de Seuss.

Eu me diverti bastante com muitas passagens da estória, principalmente quando Seuss nos mostra aonde foi parar a passarinha folgada que abandonou Horton. As ilustrações também são primorosas e nos enchem os olhos a cada virada de página. 

Então, recomendo o livro se você que estiver lendo esse blog for criança ou tiver uma criança muito querida em sua família (de sangue e do coração). Eles se divertirão muito, pois toda a problemática é cômica, mesmo que trágica às vezes.

Você já leu algum dos livros que resenhei acima? Se sim, compartilhe sua opinião nos comentários, isso me deixa muito contente.

Au revoir!

Você também pode gostar de

0 comentários